Ordem Anura

Os anuros são os sapos, as rãs e as pererecas. Eles são tetrápodes saltadores, de corpo curto e sem cauda. Os sapos geralmente têm duas grandes glândulas de veneno, situadas uma de cada lado da cabeça (glândulas parotoides). A secreção dessas glândulas só pode sair se elas forem comprimidas. O veneno é uma proteção contra predadores, como as cobras. Ao abocanhar um sapo, o predador pressiona essas glândulas; o veneno eliminado ataca fortemente as mucosas do predador, provocando ardência e vômitos, cuja consequência é, às vezes, a expelição do sapo vivo.

As rãs não tem glândulas parotoides, nadam melhor por causa das grandes membranas interdigitais (entre os dedos) e são mais ágeis que os sapos. Algumas espécies são aproveitadas em ranicultura, para a obtenção da carne, muito apreciada pelo sabor e pela baixa taxa de gordura, e da pele, que curtida, é aproveitada para a confecção de cintos e bolsas, por exemplo.

As pererecas, que medem entre 2 e 3 cm de comprimento, vivem sobre árvores, junto a riachos e lagoas e nas câmaras com água acumulada entre as folhas das bromélias. Elas têm pequenas ventosas adesivas nas pontas dos dedos.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s